35 Anos de Akira

Akira, obra máxima de Katsuhiro Otomo completa 35 anos.

Para celebrar a editora Kodansha lança em 28 de março o livro OTOMO: A Global Tribute to the Mind Behind Akira. O livro de 168 páginas tem ilustrações de 80 artistas diferentes, de Sara Pitchelli (Spider-Man, a Stan SakaiUsagi Yojimbo) (Instagram) e Akihiko Yoshida (Final Fantasy Tactics, Bravely Default).

O álbum sai em francês, inglês e japonês sem previsão de chegada ao Brasil. Algumas imagens foram liberadas para divulgação:

Arte de Akihiro Yoshida

Arte de Akihiro Yoshida

 

 

Arte de Asaf Hanuka

Arte de Asaf Hanuka

 

Arte de Stan Sakai

Arte de Stan Sakai

 

Fotografia e Escultura de Takayuki Takeya

Fotografia e Escultura de Takayuki Takeya

 

A história de Akira, publicada pela kodansha de 1982 a 1990, se inicia com a explosão de um “novo tipo de bomba” em Tóquio que causa o ínicio da IIIª guerra mundial no ano de 2019.

Sobre as ruínas da antiga Tóquio “Neo-Tóquio” é construída. Em 2027 a sociedade é uma distopia controlada por militares comandados por um homem conhecido apenas por Coronel. Os heróis da história são membros de gangues de motocicletas com visual inspirado em estéticas punk e mod e atitudes do livro (e filme) Laranja Mecânica.

O herói da história é Kaneda, líder de uma gangue de motociclistas, ( imagem 4 no traço de Stan Sakai) Seu melhor amigo Tetsuo, ( imagem 2 no traço de Aleksi Briclot),sofre um acidente de moto tentando desviar de uma estranha pessoa com corpo e voz de criança mas com o rosto de um idoso. Tetsuo é vitima de experimentos por parte dos militares, desenvolve poderes telecinéticos e começa a ouvir um chamado em sua mente de uma criança enterrada a quilômetros de profundidade. Essa criança é o “novo tipo de bomba” que explodiu em Tóquio. Seu nome é Akira.

No Brasil a editora Globo publicou o mangá com periodicidade inconstante entre 1990 e 1998.A versão nacional é baseada na versão americana que inverteu as páginas para mudar a leitura do estilo oriental para o ocidental e colorizou o quadrinho.

A editora JBC promete a republicação de Akira no Brasil desde 2015.

#ArteSe #EscolaPandora

...Shares
Esta entrada foi publicada em Noticias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta