As joias de Salvador Dali

Você sabia que além de ser um gênio da pintura surrealista, Salvador Dali também fez joias de valor incalculável?
As obras foram criadas pelo artista entre 1941 e 1970. Ele fazia questão de escolher
pessoalmente as gemas que seriam usadas, não só pela cor e qualidade, mas também pelos sentimentos que elas causavam no artista.

The Eye of Time

The Eye of Time

Os temas eram similares aos de suas pinturas: surrealismo, religião, mitologia e natureza.
Uma das gemas preferidas de Dali era o rubi. E uma de suas peças mais famosas é o
broche esculpido em rubi em pérolas “Ruby Lips“.

Ruby Lips

Ruby Lips

“Sobre a relação entre o tempo e o espaço – tive consciência da união entre tempo e espaço em minha infância. Não obstante, meu invento do “relógio mole”, primeiro em pintura a óleo e mais tarde, em 1950, em ouro e pedras preciosas, provocou opiniões díspares: aprovação e compreensão, ceticismo e incredulidade.

Hoje, nas escolas americanas, meu “relógio mole” é exposto como a expressão profética da fluidez do tempo – a indivisibilidade entre o tempo e o espaço. A velocidade nas viagens, na época atual – as viagens no espaço – confirma esta convicção. O tempo não é rígido, é fluido”. Salvador Dali

The Persistence of Memory

The Persistence of Memory

Veja aqui outras joias de Dali:

The Royal Heart

The Royal Heart

The Bleeding World

The Bleeding World

Leaf Veined Hands

Leaf Veined Hands

The Living Flower

The Living Flower

Tristan and Isolde

Tristan and Isolde

The Pomegranate Heart

The Pomegranate Heart

The Space Elephant

The Space Elephant

The Honeycomb Heart

The Honeycomb Heart

Para ver outras joias de Salvador Dali acesse aqui . E para saber muito mais sobre Salvador Dali, acesse aqui e conheça o nosso curso de Arte Moderna e Contemporânea, e aqui, para conhecer o curso de Design de Joias!

banner

 

 

 

 

 

 

 

...Shares
Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta